Santistas comemoram classifica��o sofrida �s quartas

Ganso levou perigo ao gol do Am?rica no in?cio do segundo tempo, quando carimbou a trave em uma cobran?a colocada de falta. Foto: Getty Images

Ganso teve atua??o apagada no jogo em Quer?taro
Foto: Getty Images

O Santos enfrentou uma forte press?o do Am?rica-MEX para sair com um empate em 0 a 0, na noite desta ter?a-feira, no Est?dio La Corregidora, em Quer?taro, e garantir vaga nas quartas de final da Copa Libertadores. E o resultado foi bastante comemorado pelos jogadores santistas, na sa?da do gramado.

"Soubemos aguentar a press?o e conseguimos a classifica??o. Tive que ajudar na marca??o, mas a nossa equipe teve um esp?rito de luta muito bom para garantir a nossa vaga na pr?xima fase", disse o meia Paulo Henrique Ganso, em entrevista ao canal SporTV.

Destaque do Santos na partida, o goleiro Rafael destacou, novamente, a diferen?a de postura a partir da chegada do t?cnico Muricy Ramalho. Em oito partidas disputadas, o Santos sofreu apenas dois gols.

"Estamos com um pouco mais de empenho para marcar. Com a bola, nosso time ? diferenciado. Mas a equipe deles veio muito bem postada. Time alto e forte, mas todo mundo marcando e correndo fica muito dif?cil de fazer um gol na gente", disse o goleiro.

O pr?ximo advers?rio do Santos ser? decidido na partida entre Once Caldas e Cruzeiro, que jogam nesta quarta-feira. O time mineiro venceu a partida de ida por 2 a 1 e pode at? perder por 1 a 0 que consegue a classifica??o. Por?m, para Rafael, o pr?ximo advers?rio est? definido.

"Eu acho que tem muitas equipes de qualidade, mas devemos pegar o Cruzeiro, que se classificou melhor. Com certeza ser? um cl?ssico brasileiro. Quem errar menos vai vencer. Espero que seja a gente", concluiu.

NOTEBOOK

Related Posts with Thumbnails