Ap�s morte de Bin Laden, Seul ordena aumento da seguran�a

O primeiro-ministro da Coreia do Sul, Kim Hwang-sik, ordenou nesta ter?a-feira o aumento dos esfor?os para garantir a seguran?a dos sul-coreanos no exterior, diante do temor de ataques terroristas ap?s a morte do l?der da Al-Qaeda, o terrorista Osama bin Laden.

"Teme-se que as amea?as terroristas aumentem no Oriente M?dio e no resto do mundo ap?s a recente morte de Bin Laden", indicou Kim em reuni?o com ministros do Gabinete, segundo informou a ag?ncia local Yonhap.

O primeiro-ministro pediu que sejam adotadas todas as medidas necess?rias para assegurar a seguran?a dos sul-coreanos no exterior, depois de ter ordenado o aumento da vigil?ncia ao redor das embaixadas localizadas em Seul. Al?m disso, o governo sul-coreano aumentou o alerta em todas suas lega??es diplom?ticas no exterior perante o risco de repres?lias contra aliados dos Estados Unidos.

Kim mostrou preocupa??o pelos quatro marinheiros sul-coreanos que permanecem sequestrados por piratas somalis desde 30 de abril, e solicitou que as ag?ncias implicadas fa?am o que for necess?rio para que seu retorno a salvo.

Al?m disso, defendeu o aumento da vigil?ncia sobre os navios que operam no Oceano ?ndico para evitar novos sequestros em uma regi?o com grande influ?ncia do extremismo isl?mico.

Em carta, o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, expressou a seu colega americano, Barack Obama, suas felicita??es e considerou que a opera??o especial que abateu Bin Laden ? um passo "rumo ao fim do terrorismo".

Osama bin Laden ? morto no Paquist?o
No final da noite de 1? de maio (madrugada do dia 2 no Brasil), o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou a morte do terrorista Osama bin Laden. "A justi?a foi feita", afirmou Obama num discurso hist?rico representando o ?pice da chamada "guerra ao terror", iniciada em 2001 pelo seu predecessor, George W. Bush. Osama foi encontrado e morto em uma mans?o na cidade paquistanesa de Abbottabad, pr?xima ? capital Islamabad, ap?s meses de investiga??o secreta dos Estados Unidos .

A morte de Bin Laden - o filho de uma milion?ria fam?lia que acabou por se tornar o principal ?cone do terrorismo contempor?neo -, foi recebida com enorme entusiasmo nos Estados Unidos e massivamente saudada pela comunidade internacional. Enquanto a secret?ria de Estado dos EUA afirmava que a batalha contra o terrorismo continua, o alerta disseminado em aeroportos horas depois da not?cia simboliza a incerteza do impacto efetivo da morte de Bin Laden no presente e no futuro.

NOTEBOOK

Related Posts with Thumbnails