Governo do Equador reafirma vit�ria do "sim" em referendo

O governo do Equador reafirmou neste domingo seu convencimento da vit?ria do "sim" na consulta popular realizada no s?bado e pediu ? oposi??o que impulsione as reformas pelas quais os cidad?os se pronunciaram nas vota??es.

A ministra coordenadora da Pol?tica, Doris Soliz, assegurou que o governo tem a confirma??o de "um clar?ssimo triunfo" do "sim" nas dez perguntas da consulta, impulsionada pelo Governo para, entre outros fins, reformar o sistema judici?rio.

No entanto, reconheceu que a vantagem n?o alcan?a a diferen?a que uma pesquisa de boca-de-urna dava ao governo contra o "n?o" opositor, de mais de 20 pontos percentuais.

Segundo Doris, em fun??o dos dados obtidos das juntas eleitorais pelos delegados do movimento governista Alianza Pa?s nas mesmas, a tend?ncia da vit?ria do sim estaria "entre 4% e 14%", segundo as perguntas da consulta.

"? evidente a observa??o que fizemos (...) que o "sim" ganha nas dez perguntas, de maneira definitiva e irrefut?vel", insistiu a ministra, embora tenha dito que os atores pol?ticos devem esperar os resultados oficiais que o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) proclamar.

Tamb?m advertiu que os resultados parciais do CNE em seu portal da internet poderiam dar vez a diferentes interpreta??es, devido ? lentid?o na introdu??o da informa??o.

? que o CNE, na noite deste domingo, apenas tinha incorporado em seu centro de computa??o 37,3% da apura??o; ou seja, 10.994 atas de resultados de um total de 29.688 Juntas Receptoras do Voto (JRV).

Com esse volume, o "sim" ganhava em nove das dez perguntas, sem levar em conta a n?mero oito, sobre a proibi??o das corridas de touro onde se mata o touro, porque seu ?mbito se aplica em cada munic?pio.

"Destes dados absolutamente preliminares do CNE n?o se podem tirar conclus?es", assinalou Doris, pedindo aos cidad?os que espere "com tranquilidade" os resultados finais.

NOTEBOOK

Related Posts with Thumbnails