Secret�ria de Seguran�a dos EUA: amea�a da Al Qaeda continua

A Secret?ria de Seguran?a Nacional dos Estados Unidos, Janet Napolitano, reiterou neste s?bado que a amea?a da Al-Qaeda "continua" apesar da morte de Osama bin Laden, por isso se deve "manter a vigil?ncia". Janet indicou que, no entanto, os n?veis de alerta do Sistema Nacional de Advert?ncia Terrorista n?o tinham sido revisados formalmente ap?s a opera??o que matou o l?der de Al-Qaeda em seu esconderijo do Paquist?o.

"O que isto significa ? que n?o temos informa??o espec?fica e cr?vel de intelig?ncia atualmente que assinale o que devemos fazer. Mas estamos constantemente, com nossos aliados da intelig?ncia administrando informa??o, avaliando essa quest?o", acrescentou. Em declara??es ao Clube de Imprensa de Atlanta, Janet assegurou "n?o ter d?vidas de que a Al-Qaeda, ou um aliado da a Al-Qaeda, ou aqueles inspirados por sua ideologia, continuar?o focando seus ataques no Ocidente".

Em seu primeiro comunicado ap?s a morte de seu l?der, postado na sexta-feira em uma p?gina islamita da internet, a Al-Qaeda confirmou a morte de Bin Laden e advertiu para repres?lias contra os EUA. "O sangue do xeque dos mujahedins Osama bin Laden ? mais precioso e mais valioso para n?s e para qualquer mu?ulmano, por isso n?o vamos permitir que seja derramado em v?o", afirma o comunicado.

Al?m disso, Al-Qaeda assegurou que "uma maldi??o vai perseguir os americanos e seus seguidores dentro e fora de seus pa?ses".

Osama bin Laden ? morto no Paquist?o
No final da noite de 1? de maio (madrugada do dia 2 no Brasil), o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou a morte do terrorista Osama bin Laden. "A justi?a foi feita", afirmou Obama num discurso hist?rico representando o ?pice da chamada "guerra ao terror", iniciada em 2001 pelo seu predecessor, George W. Bush. Osama foi encontrado e morto em uma mans?o na cidade paquistanesa de Abbottabad, pr?xima ? capital Islamabad, ap?s meses de investiga??o secreta dos Estados Unidos .

A morte de Bin Laden - o filho de uma milion?ria fam?lia que acabou por se tornar o principal ?cone do terrorismo contempor?neo -, foi recebida com enorme entusiasmo nos Estados Unidos e massivamente saudada pela comunidade internacional. Tr?s dias depois e ainda em meio resqu?cios de d?vidas sobre o fim de Bin Laden, a Casa Branca decidiu n?o divulgar as fotos do terrorista morto. Enquanto isso, Estados Unidos e Paquist?o debatem entre si as responsabilidades e falhas na localiza??o do l?der da Al-Qaeda.

NOTEBOOK

Related Posts with Thumbnails