Nossa vida será sempre assim!

Nossa vida será sempre assim! Artigonal.com - Diretório de artigos gratuitos Diretório de Artigos Gratuitos Porque publicar artigos? Autores Populares Artigos Populares  AResponde Publicar Artigos Login Login via Login via Facebook Cadastro Olá área do Autor Saír if($.cookie("screen_name")) { $('#logged_in_true li span').html($.cookie("screen_name").replace(/\+/g,' ')); $('#logged_in_true').css('display', 'block'); $('#top-authors-tab').css('display', 'none'); } else { $('#logged_in_false').css('display', 'block'); } Email
Senha
Salvar os dados
Esqueceu a senha?
Home > Crônicas > Nossa vida será sempre assim! Nossa vida será sempre assim! Editar Artigo | Publicado em: 12/05/2011 |Comentário: 0 |

NOSSA VIDA SERÁ SEMPRE ASSIM!

"Eu sou a luz do mundo: quem me segue, de modo algum andará nas trevas, mas terá a luz da vida". (Jo, 8:1)

 

As relações humanas estão alteradas e altamente marcadas pelos papeis sociais que assumimos com a finalidade precípua de preceituar direitos e funções. Existem os que querem delimitar os preceitos de nossas vidas, fixando limites, nos estremando e demarcando nossos limites, mas os que agem assim não assimilam que estas regras valem para todos. Por limites, circunscrever e restringir são sinonímias que estão nos Códigos da Vida criadas por serem imperfeitos que povoam o nosso orbe. Semelhantes representatividades deverão ter os nossos relacionamentos, para que possamos ensejar o estabelecimento de normas para os espaços que ocupamos.

 

A disciplinação das ações e dos espaços que ocupamos se transformará em deveres inalienáveis para que possamos almejar ou alcançar resultados benéficos. Disciplinado o homem os resultados serão benéficos e alvissareiros para a sociedade de um modo geral.  Em relação aos abusos cometidos pelos homens, eles são de ordem moral, e a responsabilidade recaia em quem os comete, os papeis institucionalizados têm se transformado, muitas vezes em módulos ocultos, usando como finalidade para acobertar ou camuflar os erros clamorosos ou horrendos que estamos vivenciando no dia a dia sob a conivência da aceitação social. A família está inserida nesse meio, infelizmente.

 

As atitudes controvertidas de nossos representantes políticos são retrogradas e as que estão num patamar mais importante para a sociedade são deixadas em segundo plano.  Aliás, o social carece de ações e bem-aventuranças, enquanto isso a miséria, a prostituição de todos os matizes, a corrupção, a lavagem de dinheiro, as licitações ilícitas e viciadas, as obras inacabadas, a falta de respeito para com o povo aumentam gradativamente e já alcança um ritmo elevado e com proporções daninhas, o que é lastimável.

 

Wanderley de Oliveira na psicografia transmitida pelo espírito Ermance Dufaux, alerta para o seguinte: "A família é um exemplo inconteste disso". Durante séculos delinearam-se na sua estrutura antropológica as máscaras do pai-provedor, da mãe reprodutora, do filho herdeiro, estimulando em muitos núcleos domésticos a ganância e inconsequência no homem, a submissão e subserviência na mulher e a preguiça e a luxúria dos filhos. O nosso País tem enormes problemas para se resolver, mas a maioria dos nossos políticos está preocupada na união homossexual e no casamento gay.  É bom lembrar que a criança aprende através do seu relacionamento com o meio, ou seja, com tudo que a cerca, pessoas, objetos e experiências. A recente decisão da união estável dos homossexuais masculinos e femininos com certeza sobrará para as crianças indefesas, e seu ciclo é extenso e em sua maioria são esquecidas dos que exercem funções de socialização. A construção de um ambiente de cooperação e fraternidade é um desafio que deve ser encarado com muita responsabilidade pelos pais e responsáveis.

 

A mídia desempenha um papel muito importante no atual contexto, mas se encontra de mãos atadas, pois a decisão normalmente fica na responsabilidade de um ciclo de autoridades muito restrito. A ação da mídia, seja ela exercida de forma direta ou indireta, é verdadeiramente um poder. Ela atua sobre nós mudando ou modificando nosso comportamento, nossos gostos e, quem sabe, provavelmente nossos pensamentos. O que nos preocupa na realidade é que a imprensa vem ensejando ao público o aprendizado de nuanças deletérias inseridas em suas novelas, em seus programas de entretenimento e nos BBB da vida, bem como na inserção da pornografia e da pornofonia, além da apresentação de programas policiais em horários inconvenientes.

 

Como qualquer manifestação de autoridade, não pode ser aplicada de forma aleatória, pois corre o risco de se tornar arbitrário e responsável. Sendo uma concessão pública, e se tivéssemos um governo mais sério à programação midiática seria escolhida com mais cautela e prudência. Vamos inserir aqui uma citação midiática: "Crise nas estradas – Câmara dos Deputados quer explicações de Cid Gomes, governador do estado do Ceará". A Comissão de Fiscalização e Controle convidará o governador Cid Gomes a prestar esclarecimento sobre declarações contra o Ministério dos Transportes. O Ministro Alfredo Nascimento ingressou com queixa crime contra Cid Gomes.

 

A nossa Assembleia deveria fazer o mesmo com a nossa Prefeita Luizianne Lins, para saber por que ela investe ou gasta tanto com publicidades mostrando uma Fortaleza que na realidade só passa em sua cabeça. O poder que a mídia tem obriga os profissionais a assumir um grau de responsabilidade comparável aquele exercido por políticos e religiosos. Ao seu próprio modo deve contribuir para a criação e manutenção de uma comunidade humana. O bem estar de a comunidade deve ser sua maior preocupação, mas não o é. Para tirar proveito dessa força estão transformando-a em comércio, e horários são vendidos ao bel prazer e ninguém toma providências. Os rótulos passaram a ser mais significativos que as expressões de afeto, insuflando a discriminação do sectarismo contra os que não absorvem os mesmos conceitos. Pense Nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES- MEMBRO DA ACI- DA ALOMERCE- DA UBT- DA ACE- DA AOUVIR/CE E DA AVSPE

 

 

Retrieved from "http://www.artigonal.com/cronicas-artigos/nossa-vida-sera-sempre-assim-4762101.html" (Artigonal SC #4762101)

Clique aqui para re-publicar este artigo em seu site ou blog. É fácil e de graça! Antonio Paiva Rodrigues Antonio Paiva Rodrigues - Perfil do Autor:

Jornalista, Radialista,Gestor de Empresas(Administração), Bacharel em Segurança Pública, Acadêmico de Letras, Membro da ACI(Associação Cearense de Imprensa)e da Associação De Ouvintes de Rádio(AOUVIR/CE) espírita por convicção, gosto de escrever crônicas, poesias, contos, faço resenha de livros, comento, faço novelas de rádio e agora pretendo compor letras de música, gosto de leituras e escrevo uma média de três matérias diárias e já tenho mais de 1.000 publicadas.Lancei recentemente o livro;80 Anos da ACI(Associação Cearenses de Imprensa) e Detalhes sobre a História do Rádio no Ceará, Brasil e no Mundo.

Perguntas e Respostas Pergunte nossos autores perguntas relacionadas a Crônicas... Pergunte 200 Letras sobrando Gostaria de saber como posso saber em sonhos quem é o meu amor nesta vida. Aquele que ficará comigo pra o resto da vida Estou sem motivaçao nenhuma p/gostar da vida.tenho tentado mi apegar aos filhos e netos mesmo assim estou sem forças p/mudar minha vida.pode mi ajudar? Eu tenho o dobro da idade que você tinha quando eu tinha sua idade .Quando você tiver a minha idade , a soma das nossas idades será 45 anos . quais são as nossas idades ? Avaliar artigo 1 2 3 4 5 Voto(s) 0 Voto(s) Feedback RSS Imprimir Email Re-Publicar Fonte do artigo: http://www.artigonal.com/cronicas-artigos/nossa-vida-sera-sempre-assim-4762101.html Palavras-chave do artigo: a falta de etica na politica a midia inverte seu papel a humanidade esta transformada Últimos artigos de Crônicas Mais artigos por Antonio Paiva Rodrigues Antonio Paiva Rodrigues Distorções:

Ainda não somos capazes de analisar suficientemente a capacidade de nossos irmãos, humanos imperfeitos como nós. O humano pode ser classificado como "o diferente de nós", cuja maneira autoritária, isenta de mentes morais cujo intuito será a classificação das diferenças como se fossem imperfeições e limitações. Uma atitude infeliz de nossa parte será como um raio imantado de energias passando por nossa ótica a conveniência nos leva a decretarmos veredictos éticos,.......

Por: Antonio Paiva Rodriguesl Crônicasl 13/05/2011 Francisco Amado Recado aos Espiritas

Vós estais fazendo do Espiritismo uma seita religiosa, eivada de superstições? Ninguém vos disse que as atitudes místicas, a santidade fingida, o medo de viver a vida como ela é, a voz macia disfarçando o fermento do ódio do coração, as palavras doces escondendo as intenções agressivas são elementos negativos que vos impedem de compreender o Espiritismo?

Por: Francisco Amadol Crônicasl 13/05/2011 Antonio Paiva Rodrigues Estamos desorientados e atormentados

Bem que os Direitos Humanos poderia nos proporcionar uma paz duradoura e todos os humanos direitos fossem respeitados, onde as pessoas, os seres viventes tivessem alimentos, paz e os indivíduos e nações fossem livres. Enquanto os DH (Direitos Humanos) procurar defender meliantes, bandidos e assassinos, a verdadeira paz individual irá para cucuia. O nosso orbe só poderá ser alcançado se houver desenvolvimento da consciência e da paz, aliado ao livre-arbítrio hominal.

Por: Antonio Paiva Rodriguesl Crônicasl 12/05/2011 O capeta tá solto!

Numa linguagem cômica, retrato em forma de palavras a ação impiedosa do arqui-inimigo da sociedade; o CAPETA que anda SOLTO por aí, atormentando a humanidade. Com o alto índice da criminalidade, as bárbaries dos últimos dias, é bom não se titubeiar e por logo, esse "tinhoso" pra correr. Se você não acredita em CAPETA, e fica "por cima do muro" é bom ler atentamente a CRÔNICA: O CAPETA TÁ SOLTO! É essa uma forma pra conhecer as extratégias desse inimigo, que não brinca em serviço...

Por: Nivaldo Duartel Crônicasl 12/05/2011 Um NEGÓCIO da CHINA - Brava Gente BRASILEIRA!

Quem nunca ouviu falar acerca da rua 25 de Março em São Paulo? Lugar conhecido pelas suas grandes ofertas e promoções. Mas, também conhecida como a concentração máxima de gente de todas as Nações. Ricos ou pobres, todos acabam se encontrando na 25 de Março. Além, de conhecidas e atraentes ofertas de produtos e preços, a 25 de Março consegue promover entre seus muitos encontros uma INTEGRAÇÃO FENOMENAL de povos de todas as classes social, e pessoas que representam várias Nações.

Por: Nivaldo Duartel Crônicasl 11/05/2011 Viver é prioridade o resto é desejo e vontade!

Quantas vezes não nos atropelamos em nossas metas, ideais e objetivos, por não mantermos o foco naquilo que é realmente essencial?A vida nos oferece a cada instante vários caminhos a seguir, e muitas vezes ficamos indecisos por qual porta deveríamos entrar.Assim nos deparamos com a ansiedade de querermos acertar nossas escolhas com toda exatidão.

Por: Albal Crônicasl 11/05/2011 Antonio Paiva Rodrigues Sexualidade uma questão de opção!

Será que a sexualidade perdeu sua finalidade divina de procriação e passou a ser apenas um viés do prazer anal e vaginal. Será que a Justiça Divina aprovaria a união homossexual nos tribunais da espiritualidade? Não levem este comentário como discriminação, pois não é esse o nosso posicionamento. Já que o STF (Supremo Tribunal Federal) aprovou a união estável dos homossexuais e atribuindo direitos, deveria na mesma reunião ter definido as obrigações, pois a nossa Carta Magna...

Por: Antonio Paiva Rodriguesl Crônicasl 10/05/2011 Paulo Roberto Faria de Castro Tristeza, uma grande tristeza

Os últimos acontecimentos deixaram aquele indivíduo ainda mais fragilizado, afinal a impotência devastava definitivamente o seu espírito há muito alquebrado. O raciocínio linear desejado era claudicante, tortuoso, embotado.

Por: Paulo Roberto Faria de Castrol Crônicasl 09/05/2011 lAcessos: 13 Antonio Paiva Rodrigues Distorções:

Ainda não somos capazes de analisar suficientemente a capacidade de nossos irmãos, humanos imperfeitos como nós. O humano pode ser classificado como "o diferente de nós", cuja maneira autoritária, isenta de mentes morais cujo intuito será a classificação das diferenças como se fossem imperfeições e limitações. Uma atitude infeliz de nossa parte será como um raio imantado de energias passando por nossa ótica a conveniência nos leva a decretarmos veredictos éticos,.......

Por: Antonio Paiva Rodriguesl Crônicasl 13/05/2011 Antonio Paiva Rodrigues Estamos desorientados e atormentados

Bem que os Direitos Humanos poderia nos proporcionar uma paz duradoura e todos os humanos direitos fossem respeitados, onde as pessoas, os seres viventes tivessem alimentos, paz e os indivíduos e nações fossem livres. Enquanto os DH (Direitos Humanos) procurar defender meliantes, bandidos e assassinos, a verdadeira paz individual irá para cucuia. O nosso orbe só poderá ser alcançado se houver desenvolvimento da consciência e da paz, aliado ao livre-arbítrio hominal.

Por: Antonio Paiva Rodriguesl Crônicasl 12/05/2011 Antonio Paiva Rodrigues Sexualidade uma questão de opção!

Será que a sexualidade perdeu sua finalidade divina de procriação e passou a ser apenas um viés do prazer anal e vaginal. Será que a Justiça Divina aprovaria a união homossexual nos tribunais da espiritualidade? Não levem este comentário como discriminação, pois não é esse o nosso posicionamento. Já que o STF (Supremo Tribunal Federal) aprovou a união estável dos homossexuais e atribuindo direitos, deveria na mesma reunião ter definido as obrigações, pois a nossa Carta Magna...

Por: Antonio Paiva Rodriguesl Crônicasl 10/05/2011 Antonio Paiva Rodrigues Como rola a mídia

O roteiro de nossas vidas tem se tornado uma via tortuosa cheia de surpresas, descasos, ócios dilacerantes, desrespeitos às leis, falta de educação, ausência de cidadania e tomadas de decisões inusitadas. Será que o mundo mudou, mudou de rota ou apenas estamos sendo influenciados pela falta de educação e ética, moral e costumes. Muitos fatos deletérios tem nos tornado irresponsável diante de nossas obrigações, direito e deveres. Parece que a nossa mente encruou e nossos atos já não são tão pensa

Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Polítical 09/05/2011 Antonio Paiva Rodrigues Deus morreu para a humanidade:

amor se concretiza em boas obras. Praticar o bem de maneira generosa e desprendida eis a questão. A dor é mestra educativa e libertadora. O ser humano ainda não assimilou o discernimento que ocorre no dia a dia. A lição benfazeja é permutada por interesses pessoais. A noção de bem foi desvirtuada e não se ministra em favor de suas necessidades de aperfeiçoamento. O aperfeiçoamento humano hoje tem a diretriz do mal como viés principal e o bem foi jogado para escanteio ou fora de combate dando l

Por: Antonio Paiva Rodriguesl Crônicasl 06/05/2011 Antonio Paiva Rodrigues Rádio Iracema de Fortaleza

Nome indígena que inspirou José de Alencar no ano de 1865, a se tornar um dos maiores romancista indigenista ou indianista (relativo ao indigenismo) do Brasil e quiçá do mundo. Correspondente à pessoa que atua junto às populações indígenas, especialmente em associação com políticas públicas e no que diz respeito à interação dessas populações com a sociedade mais abrangente. A palavra indianista tem conotações mais fortes para o estilo de escrita do grande e famoso escritor cearense, nascido no B

Por: Antonio Paiva Rodriguesl Tecnologia> Programaçãol 03/05/2011 Antonio Paiva Rodrigues Dia das mães 1

Quando a tua sabedoria exigir depósito de bênçãos com que nos adornaste a estrada por empréstimo sublime, dá-nos o necessário desapego para que nós possamos restituir as joias vivas dos nossos corações com serenidade e alegria. Dia das mães um dia festivo para uns e de meditação para outros.

Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 02/05/2011 lAcessos: 19 Antonio Paiva Rodrigues Prevenções psicopedagógicas -como intervir quando as dificuldades de aprendizagem já se encontram instaladas

A educação nos dias atuais tem se transformado num viés de expectativa e de importância fundamental para o ser humano. É de suma importância, que os profissionais em educação (psicopedagogos) não percam o azimute direcional, nem a vontade intrínseca da especialização, para lidar com problemas de vários matizes que surgem como sementes prósperas num terreno fértil, antes árido de conhecimentos.

Por: Antonio Paiva Rodriguesl Educação> Ensino Superiorl 01/05/2011 lAcessos: 40 Adicionar novo comentário Seu nome: * Seu Email: if($.cookie("screen_name")) { $('#not_logged_in').hide(); } Comentário: *   document.write(''); O código de verificação:* * Campos obrigatoriós Publicar

seus artigos aqui
é de graça e é fácil

Cadastro Menu do autor área do Autor Publicar Artigos Ver/Editar Artigos Ver/Editar P&R Editar Conta Perfil do autor Estatísticas RSS Builder Pessoal área do Autor Editar Conta Atualizar Perfil Ver/Editar P&R Publicar Artigos Perfil do Autor Antonio Paiva Rodrigues Antonio Paiva Rodrigues tem 529 artigos online Enviar mensagem ao autor Canal RSS Imprimir artigo Enviar a um amigo Re-publicar este artigo Categorias de Artigos Todas as Categorias Arte& Entretenimento Automóveis Beleza Carreira Casa & Família Casa & Jardim Ciências Crônicas Culinária Direito Educação Esportes Finanças Futebol Internet Literatura Marketing e Publicidade Negócios & Admin. Notícias & Sociedade Press Release Psicologia&Auto-Ajuda Relacionamentos Religião & Esoterismo Saúde Tecnologia Turismo e Viagem Crônicas Necessita de ajuda? Fale Conosco FAQ Publicar Artigos Guia Editorial Blog Links do Site Artigos Recentes Autores Populares Artigos Populares Encontrar Artigos Sitemap Webmasters RSS Builder RSS Link a nós Informação Empresarial Anunciar O uso deste site constitui a aceitação dos Termos de Uso e da Política de Privacidade | O conteúdo publicado pelos usuários é licenciado sob Creative Commons License.
Copyright © 2005-2011 Ler e Publicar Artigos por Artigonal.com, todos os direitos reservados. Quantcast

View the original article here

NOTEBOOK

Related Posts with Thumbnails