Preju�zos econ�micos de desastres est�o em eleva��o, diz ONU

O risco de morte em um desastre relacionado com o clima est? diminuindo no mundo inteiro, mas os preju?zos econ?micos gerados pelas cat?strofes est?o aumentando em todas as regi?es devido ? falta de investimentos, alertou a Organiza??o das Na??es Unidas (ONU) nesta ter?a-feira. Danos ? infraestrutura - escolas, centros de sa?de, estradas, pontes - est?o crescendo exponencialmente em v?rios pa?ses de baixa ou m?dia renda, apesar das melhorias nos sistemas de alertas, afirmou a ONU em seu relat?rio global de redu??o dos riscos em desastres.

Pa?ses ricos tamb?m est?o mais expostos, com danos em alta depois das inunda??es na Austr?lia e os terremotos no Jap?o e na Nova Zel?ndia neste ano. "O progresso ? ambivalente", disse o secret?rio-geral da ONU, Ban Ki-moon, no relat?rio apresentado em Genebra. "Os atuais acontecimentos no Jap?o apontam para riscos novos e catastr?ficos que precisam ser antecipados", acrescentou, referindo-se ao terremoto e o tsunami que atingiram o nordeste do Jap?o em mar?o e culminaram na pior crise nuclear do mundo nos ?ltimos 25 anos.

Desastres j? causaram mais de US$ 300 bilh?es em preju?zos neste ano, praticamente o mesmo valor de todo o ano de 2010, disse um porta-voz da ONU, citando estat?sticas do Centro de Pesquisa de Epidemiologia de Desastres. As mortes em desastres relacionados com o clima, como inunda??es ou ciclones tropicais, est?o concentradas na ?sia e o risco de fatalidades nestes eventos est? caindo, segundo o relat?rio, que analisou dados enviados por 130 pa?ses.

"Todas as evid?ncias que temos mostram que a mortalidade ainda cresce no caso de terremotos", disse Andrew Maskrey, principal autor do relat?rio, em apresenta??o para a imprensa. Muitas mortes e ferimentos est?o concentradas em cat?strofes extremamente raras, como os 200 mil mortos no terremoto do Haiti em janeiro de 2010, disse.

Ainda que exista um bom progresso na cria??o de sistemas de alertas para retirar a popula??o em caso de desastres, muitos pa?ses ainda n?o investem corretamente no combate ?s constru??es em ?reas de risco, acrescentou o relat?rio. "Uma das raz?es que explica o motivo dos pa?ses ainda n?o investirem em gest?o de riscos para desastres est?, para colocar de maneira simples, na natureza humana", disse Maskrey. "Todos n?s, seja como indiv?duos ou como governos, tendemos a desacreditar enormemente em acontecimentos futuros de baixa possibilidade. Mas est? claro pela evid?ncia econ?mica que prevenir ? sempre melhor", acrescentou.

NOTEBOOK

Related Posts with Thumbnails