Reclama��es contra arbitragem dominam final do Goiano

Na primeira partida da decis?o do Campeonato Goiano, Goi?s e Atl?tico-GO empataram por 1 a 1 no Serra Dourada. Foto: Ag?ncia Lance

As duas equipes reclamaram muito da arbitragem de Eduardo Tomaz
Foto: Ag?ncia Lance

A eletrizante partida entre Atl?tico-GO e Goi?s, v?lida pelo primeiro duelo da final do Campeonato Goiano, teve grande participa??o do ?rbitro Eduardo Tomaz, que n?o parece ter agradado lado algum. Para os atleticanos, as expuls?es de Pituca e Agenor foram injustas, enquanto os advers?rios reclamam do gol de empate do rival.

Para o volante Ramalho, o ?rbitro teve influ?ncia no resultado. "N?o tem muito o que falar, mas sab?amos que isso ia acontecer. N?s nos superamos dentro de campo, mas tem gente que n?o quer ver o Atl?tico campe?o, bradou exaltado.

J? o t?cnico PC Gusm?o preferiu elogiar a partida dos "nove guerreiros" que restaram no gramado. "Na sexta-feira eu j? havia falado que era muita press?o em cima dele, mas prefiro n?o comentar a atua??o dele. Prefiro falar do grande jogo que fizeram os meus atletas, sem eu, Agenor e Pituca", comentou.

Do outro lado, quem contestou a atua??o do juiz foi o meia Robert, que alegou falta no lance confuso do gol atleticanos. "Foi falta clara em cima de mim ali, todo mundo viu. Fui puxado", afirmou.

Enquanto isso, Artur Neto fez quest?o de lembrar a superioridade do Goi?s, mesmo antes das exclus?es. "Acho que foiram claros os lances das expuls?es. Mas queria lembrar que mesmo antes de eles ficarem com nove, fomos superiores", encerrou.

NOTEBOOK

Related Posts with Thumbnails