Ricardo Teixeira � acusado de tentar vender voto � candidatura da Inglaterra

O ex-presidente da Federa??o inglesa de Futebol (FA), Lord Triesman, declarou nesta ter?a-feira que quatro membros da Fifa, dentre eles, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, pediram propina em troca de apoio ? candidatura da Inglaterra para sediar a Copa de 2018.

Al?m do dirigente brasileiro, Triesman tamb?m citou Jack Warner, um dos vice-presidentes da Fifa, o paraguaio Nicolas Leoz, presidente da Conmebol, e o tailand?s Worawi Makudi.

Na vota??o realizada no dia 2 de dezembro de 2010 para decidir as sedes de 2018 e 2022, a Inglaterra conseguiu unicamente o apoio de dois dos 22 membros do Comit? Executivo com direito a voto.

Como resposta a esses coment?rios de Triesman, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, prometeu nesta ter?a que atuaria imediatamente se for revelada alguma evid?ncia de compras de voto.

"Essas declara??es me surpreenderam, mas temos que ter provas. Vamos come?ar a investiga??o, reivindicando provas do que foi dito", disse Blatter.

NOTEBOOK

Related Posts with Thumbnails