Ap�s cinco anos, trof�u do Baiano retorna ao interior

Geovanni fez para os rubro-negros, mas Allyson e Jo?o Neto viraram para os tricolores. Foto: Ag?ncia Lance

Bahia de Feira impediu o pentacampeonato estadual do Vit?ria
Foto: Ag?ncia Lance

Lindomar AssisDireto de Salvador

Com o triunfo por 2 a 1 sobre o Vit?ria, o Bahia de Feira de Santana se consagrou campe?o baiano in?dito neste domingo, em 73 anos de hist?ria. Al?m disso, foi inserido na galeria dos tr?s times do interior que j? levantaram o trof?u do Estadual, ao lado do Fluminense de Feira (duas vezes) e do Colo-Colo (uma vez).

A conquista faz o time feirense esquecer o certame de 2010, quando foi eliminado na semifinal pelo Bahia da capital. Para n?o repetir o feito, o clube trouxe de volta o t?cnico Arnaldo Lira, que deixou o clube ap?s o Estadual de 2010, e o meia Bruninho, ap?s passagem pelo Vit?ria.

O jogador foi um dos destaques do time no estadual e com o fim do Baiano foi vendido para o Cruzeiro, segundo informou no domingo o presidente do Conselho Deliberativo, Jodilton Souza.

Al?m dele, o atacante Jo?o Neto tamb?m esteve em evid?ncia. Neto marcou oito gols no campeonato e tornou-se artilheiro do clube. Na decis?o, o atacante deu passe para o primeiro gol e marcou o do t?tulo.

O Bahia de Feira encerra o Campeonato Baiano com o t?tulo do Torneio In?cio, campeonato de abertura disputado entre todos os times que participaram do Estadual. Foi a ?nica equipe que ficou invicta at? a oitava partida, e em toda a competi??o, perdeu apenas tr?s vezes, empatou seis e ganhou 12 jogos.

Jamais foi derrotado dentro de casa e marcou 34 gols. Fez 40 pontos e teve quase 70% de aproveitamento ao longo do certame.

NOTEBOOK

Related Posts with Thumbnails