Prefeitura de SP: dados foram solicitados pela empresa de Palocci

Palocci se assumiu como mais um no time de Dilma. Foto: Ricardo Matsukawa/Reda??o Terra

Palocci no dia da posse; o faturamento de sua empresa, a Projeto, teria sido R$ 20 mi no ano passado
Foto: Ricardo Matsukawa/Reda??o Terra

Claudia AndradeDireto de Bras?lia

A Prefeitura de S?o Paulo divulgou nesta ter?a-feira uma resposta ?s acusa??es de que teria vazado informa??es a respeito da empresa Projeto, do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci. Segundo a nota, todos os acessos ao sistema que re?ne informa??es referentes a tributos municipais foram realizados "pela pr?pria empresa ou por servidores da Secretaria de Finan?as, de forma motivada, para realiza??o de procedimentos demandados pelo pr?prio contribuinte".

Na manh? desta ter?a-feira, o ministro da Secretaria-Geral da Presid?ncia da Rep?blica, Gilberto Carvalho, acusou a prefeitura paulistana de ser a respons?vel pelo vazamento das informa??es, por meio dos tributos recolhidos pela Projeto. O Imposto Sobre Servi?os, cuja al?quota em S?o Paulo ? de 5%, poderia indicar o faturamento da empresa de Palocci. Reportagem do jornal Folha de S. Paulo publicada em 15 de maio afirmou que o patrim?nio do ministro aumentou 20 vezes em um per?odo de quatro anos. Tamb?m foi publicado que o faturamento da consultoria superou R$ 10 milh?es nos ?ltimos dois meses do ano passado.

A Prefeitura conclui a nota dizendo que "n?o se recusa a prestar qualquer esclarecimento sobre o caso, por?m, lamenta que tais declara??es tenham sido feitas sem a correspondente comprova??o dos fatos".

NOTEBOOK

Related Posts with Thumbnails