A regra é clara, quem é clara?

A regra é clara, quem é clara? Artigonal.com - Diretório de artigos gratuitos Diretório de Artigos Gratuitos Porque publicar artigos? Autores Populares Artigos Populares  AResponde Publicar Artigos Login Login através de Login através do Facebook Cadastro Olá área do Autor Saír if($.cookie("screen_name")) { $('#logged_in_true li span').html($.cookie("screen_name").replace(/\+/g,' ')); $('#logged_in_true').css('display', 'block'); $('#top-authors-tab').css('display', 'none'); } else { $('#logged_in_false').css('display', 'block'); } Email
Senha
Salvar os dados
Esqueceu a senha?
Home > Crônicas > A regra é clara, quem é clara? A regra é clara, quem é clara? Publicado em: 01/06/2011 |Comentário: 0 |

O bar estava cheio. A TV ligada no jogo. Do outro lado do balcão dois amigos assistiam. 
_Estou tentando lembrar o nome daquele jogador...Mas, me deu um branco...
_Como assim?..."deu um branco"...(!) Você não pode falar desse jeito. Discriminação é crime.
Quer dizer que dar branco é sinal de esquecimento? Está querendo dizer que o cara que
é branco é esquecido? Sofre de amnésia. E quem tem amnésia, em certos casos é bobo.
_Nada disso branquelo, é força de expressão. Tu bebe cerva demais e fica falando m...
Dá um tempo pra essa boca e se liga no jogo, cacete...
O juíz apita: Falta frontal. O comentarista emite sua opinião:
..."A regra é clara: o jogador dá carrinho por trás em um adversário. É falta e conduta
antiesportiva. Cartão amarelo, ainda ficou barato. Tiro livre direto..."
_Pera aí, porque a regra é clara? A regra não podia ser nítida, definida, límpida, evidente,
determinante, visível...(?) Porque que a regra tem que ser "clara"?
_Cara , para de falar besteira, daqui a pouco tu vai querer que ele fale que a regra é escura,
morena, mulata, pixaim, sarará...O que é que tem o cara falar que a regra é clara? Tu deve
estar passando por algum problema. Precisa de ajuda, só pode...
_To achando que esse ex juíz tinha uma namorada com nome de Clara. Por isso fica lembrando.
Se apaixonou. Levou um pé. Foi jogado pra escanteio. Não conseguiu esquecer dessa "Clara".
Foi ser juíz de futebol pra aparecer na televisão pra ver se essa tal de "Clara" voltava. Né não?
Ainda comenta como se nunca tivesse cometido erro no tempo que apitava. Era todo certinho.
_Olha só, do jeito que tu ta bebendo. Não vai saber pra que lado seu time ta atacando...
_Outra coisa que ele falou: ..."se o jogador 'entra' por trás é falta..." Isso tem duplo sentido.
Ta dizendo que o jogador que sofreu a falta é gay. (bicha louca, boiola, baitola, viado, biba
traveco, fresquinho, moçoila...) Depende se a intenção do jogador foi visando a bola. Agora
tem jogador que fica agarrando outro. Principalmente na área quando é escanteio. Parece
que o cara fica falando:"Me solta, me solta, me solta. Fica no agarra, agarra, com outro também.
Eu até acredito que tem uns zaqueiros que vão pra área adversária, se movimentam, pensando:
"Ele vai puxar minha camisa. Me agarra, me agarra, me agarra, me agarraaaa...Seu juízzzz (Ui!)!"
O escanteio é cobrado e sai o gol...Pronto! Aí é motivo pra comemorar mandando beijinho...
Fazendo coraçãozinho no ar. Quando não vão perto da bandeira do escanteio pra dançar axé.
Aí ficam disputando quem rebola mais. Sabe, tenho quase certeza que esses jogadores tem
aulas de axé na concentração. Cada jogador que aparece. Alguns fazem questão de caprichar 
no visual. Corte de cabelo, sobrancelhas, furo nas orelhas. Tatuagens nos braços, pescoço.
_Os caras ganham bem, podem fazer o que bem entendem. O mundo esportivo acha normal.
_O mundo esportivo pode achar qualquer coisa. Ultimamente tenho desacreditado do futebol. 
_Cara, o futebol tá no sangue. Faz parte do brasileiro. Na Copa o Brasil para. Tudo para.
_Engano seu. O Brasil pode parar pra você e milhões de brasileiros. Quem não para é o governo
que aproveita a embriaguês do povo para aumentar os impostos na calada da noite. 
_Ah, fala sério, tu vai dar uma de economista agora? Para ow...
_Meu pai disse que no tempo dele era diferente. O futebol dava gosto. Não era um negócio...
Hoje virou "business". Jogo de interesses. O jogador fazia o gol comemorava com um soco no ar.
O futebol era romantico, poético. Familias inteiras frequentavam estádios. Os locutores faziam
poesia no rádio ("Abrem-se as cortinas e começa o grande espetátulo..."). O gol era descrito
com maestria. Não tinha beijo, tatuagem, danças coreografadas. Nem jogador provocando a
torcida adversária. A música era o grito da torcida. A dança era a vibração do torcedor no gol.
Momento mágico da poesia...
_Cara, o que botaram na sua cerveja? Tu tem certeza que tá bem? Eu heim...(?)
_ O futebol era outro. Vi alguns vídeos. Meu pai disse que dava gosto ver os adversários jogando.
Aqueles longos passes precisos de quarenta jardas. Jogavam com raça. O jogador não ficava
fazendo juras de amor ao clube. Ele jogava com prazer. Não forçava cartão amarelo, ou vermelho
pra ser expulso e folgar no próximo jogo (Aproveitando tempo pra dar uma escapada na balada).
_É, o jogo hoje ta sem emoção. Vai ser zero a zero pelo jeito. 
_Vai, a coisa tá preta, esse jogo aí tá com nada. Vale a pena ficar assistindo não. Parece combinado.
_Como assim: "a coisa tá preta?"Você usou uma expressão preconceituosa e recorrente ao adjetivo
 negro. Tem conotação negativa. Só porque sou afrodescendente?
_Nada a ver com o que está afirmando. Se for o caso vamos ter que cortar "negro" dos dicionários.
e as expressões: dia negro, mar negro, mercado negro, magia negra, ovelha negra, nuvens negras;
terão que sair de uso. Quando fazemos uso corretamente não estamos reforçando preconceitos.
O que é correto não se restringe a questões raciais.
_Mas você criou caso quando falei que "deu branco" na hora que esqueci o nome do jogador...
_Estava zoando...percebeu não?
_Caracas, que joguinho chato! Não saiu do zero. Bem que você falou...Espia a entrevista do camisa 10:
Reporter de campo: "O que faltou pra sair o gol e somar 3 pontos?"
Jogador: "Nóis entramo focadu, fizemu o que o professô falô , mais o time tava apáticu. negócio é
continuá trabaindo pru próximo jogo que é fora de casa..."




                                                                                    Alberto S.L




Retrieved from "http://www.artigonal.com/cronicas-artigos/a-regra-e-clara-quem-e-clara-4848220.html" (Artigonal SC #4848220)

Clique aqui para re-publicar este artigo em seu site ou blog. É fácil e de graça! SO. Alberto S.L SO. Alberto S.L - Perfil do Autor:

Perguntas e Respostas Pergunte nossos autores perguntas relacionadas a Crônicas... Pergunte 200 Letras sobrando Quais saõ as normas e regras mais clara, e melho para se educar um aluno de 3 a 5 anos? Avaliar artigo 1 2 3 4 5 Voto(s) 0 Voto(s) Feedback Imprimir Re-Publicar Fonte do artigo: http://www.artigonal.com/cronicas-artigos/a-regra-e-clara-quem-e-clara-4848220.html Palavras-chave do artigo: outside Artigos relacionados Últimos artigos de Crônicas Yros Pereira Aguiar Batista Configurando NAT no IOS – Cisco

Sabe-se que os endereços privados não são roteados através da internet para isso é necessário utilizar o NAT(network address translation), que traduz os endereços internos para externo, podendo assim haver uma comunicação de uma rede interna com a Internet e vice-versa. Com NAT conseguimos reduzir bastante a utilização de endereços públicos, se não já haveria acabado os endereços IPV4 a muito tempo atrás.

Por: Yros Pereira Aguiar Batistal Tecnologia> TIl 15/03/2011 lAcessos: 91 José Bittencourt da Silva Unidades De Conservação: Questões E Perspectivas Aos Processos De Sustentabilidade Socioambiental Na Amazônia

As Unidades de Conservação (UC) são espaços formalmente criados e protegidos pelo Estado. As UCs podem ser de uso direto ou indireto. Atualmente essas áreas vêm sendo colocadas como componente importante ao processo de preservação ambiental e de desenvolvimento humano na Amazônia brasileira. O que segue são discussões teórico-conceituais baseadas em pesquisa bibliográfica e de campo acerca da viabiliade desses espaços para o processo de manutenção da biodiversidade natural e humana amazônida.

Por: José Bittencourt da Silval Ciênciasl 03/09/2009 lAcessos: 1,430 lComentário: 1 Oxigenio Records Música Digital, A Evolução Do Mercado Musical

Música Digital, a evolução do mercado musical

Por: Oxigenio Recordsl Arte& Entretenimento> Músical 30/01/2009 lAcessos: 864 O leitor = nº 003 - ano 2011

NA DESTROÇADA ALEMANHA DO FINAL DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, O ADOLESCENTE MICHAEL BERG CONHECE HANNA, UMA MULHER VINTE ANOS MAIS VELHA, COM QUEM INICIA UM CASO AMOROSO MARCADO PELA DESCOBERTA DO SEXO E DA LITERATURA. QUANDO A AMANTE DESAPARECE DE REPENTE, O JOVEM PASSA A ACREDITAR QUE JAMAIS VOLTARÁ A REVÊ-LA.

Por: FERNANDO MARINS LEMMEl Educação> Educação Onlinel 25/04/2011 lAcessos: 14 Profissionais da Advocacia

Um advogado é um profissional liberal, bacharel em Direito e autorizado pelas instituições competentes de cada país a exercer o jus postulandi, ou seja, a representação dos legítimos interesses das pessoas físicas ou jurídicas em juízo ou fora dele, quer entre si, quer ante o Estado.

Por: José Luizl Carreira> Carreiral 13/09/2010 lAcessos: 92 Alexandro G. de Oliveira Ética em Vendas

Falar de ética e dizer que o respeito é o mais importante em uma sociedade analisado de forma macro onde seus direitos e deveres são em algum ponto ameaçados. A Ética nas profissões propõe uma melhor convivência em grupo sendo respeitados os princípios alheios e considerados seus valores pessoais que são intrinsecamente ligados a sua moral, ser ético em vendas é fazer com que as necessidades alheias sejam supridas e que sua opinião não traga transtorno ou inconveniência ao cliente.

Por: Alexandro G. de Oliveiral Negócios & Admin.> Atendimento ao Clientel 24/08/2010 lAcessos: 884 RICHARD E. S. D'AVILA APONTAMENTOS EDUCACIONAIS

É preciso observar que a contradição é intrínseca a qualquer instituição social e que, ainda que se considerem todas essas questões, não se pode pretender eliminar a presença de práticas e valores contraditórios na atuação da escola e dos educadores. O resultado desse processo não é controlável nem pela escola, nem por nenhuma outra instituição: será forjado no processo histórico social o que pode justificar a negação do racionalismo dando espaço ao empirismo desenfreado conseqüente de...

Por: RICHARD E. S. D'AVILAl Educaçãol 27/06/2010 lAcessos: 345 Joel Fraga Somatogênesis E A Psicogêneses Na Educação

A genética determina a possibilidade do surgimento do gênio ou o seu fracasso, e várias gerações serão sacrificadas até limpar as deformidades e estabelecer um gen superior. Assim, a educação deve avançar em conformidade com o sujeito, ao invés de tolir a genialidade através dos atos políticos.

Por: Joel Fragal Educação> Educação Infantill 12/04/2010 lAcessos: 207 Domestic Fiction: Gender Roles

This short essay is a reflection on the ideological bias as put forth by nineteenth century North-American society concerning gender roles and how literature influences and is influenced by it.

Por: Gustavo Vargas Cohenl Crônicasl 20/03/2010 lAcessos: 77 Uma Crítica Ao Conceito De Socratismo Estético A Partir Das Mênades E De Diotima

A partir da obra de Platão é estabelecida certa perspectiva no pensamento grego, a qual Nietzsche denomina "socratismo estético". Nietzsche também argumenta que mesmo Eurípides fora bastante influenciado por Sócrates, de maneira que o deus Dionino presente em As bacantes seria de fato uma caricatura socrática. A partir deste ponto, discutimos o papel do feminino em Platão e em Eurípides.

Por: José Luiz Araujo Dorea Juniorl Literatura> Poesial 08/03/2010 lAcessos: 158 Você acha que passa pela vida impunemente?

Cada ser é responsável pelo que constroi e as consequencias serão sentidas ao longo da vida. Não como se esconder das atitudes tomadas.

Por: Bia Tannuril Crônicasl 01/06/2011 Candidato exclusivo ao partido dos inexistentes sr. nada!

SOBRE O DESENCANTAMENTO COM OS POLITICOS QUE AI ATUAM, PROMETEM , PROMETEM E NADA CUMPREM

Por: jeremias f. torresl Crônicasl 01/06/2011 Lagartixas humanas!

SOBRE A INUTILIDADE E FOFOCA E DAS PESSOAS QUE PERMANECEM À MARGEM OBSERVANDO A VIDA DOS OUTROS SEM SE PREOCUPAREM COM A PRÓPRIA VIDA!

Por: jeremias f. torresl Crônicasl 01/06/2011 Antonio Paiva Rodrigues Os gestores brasileiros são zero em economia!

Pelo que presenciamos na mídia de diversos matizes, os nossos gestores não se dão ao luxo de zelar pelo patrimônio público, seja ele monetário ou material. A roubalheira, o desvio de verbas, as licitações viciadas, o enriquecimento ilícito, o proveito próprio, o nepotismo, a briga por cargos públicos tem tornado nossos gestores gananciosos, e sem a responsabilidade que o dinheiro público deveria ter.

Por: Antonio Paiva Rodriguesl Crônicasl 31/05/2011 CarloZaraujo Sem medo da prisão

Mesmo quem não é da área, incluindo-me, fica chocado em saber que, a partir de cinco de julho, a prisão em flagrante e a prisão preventiva somente ocorrerão em casos raríssimos. Desta forma, seguramente, vai aumentar a temeridade criminosa pela sensação de impunidade.

Por: CarloZaraujol Crônicasl 31/05/2011 lAcessos: 12 CarloZaraujo A vida nas prisões

A maioria dos estudiosos atribui a criminalidade a fatores econômicos e não morais. A sociedade rejeita o diagnóstico de que as razões da criminalidade são socioeconômicas porque acha que pode absolver o delinqüente e o crime seria, então, tolerável. Não falta moral, mas integração socioeconômica porque, destacadamente, o criminoso é jovem e pobre.

Por: CarloZaraujol Crônicasl 31/05/2011 CarloZaraujo A outra face do crime

Existe outra face do crime, uma face secreta, que é ignorada pelos julgadores e investigadores. Estes se contentam em observar aquela que é fotografada de frente e de perfil, a face evidente. Considerada, medida nas penas, valorada nas estatísticas. Do lado de fora, no reverso da moeda, fica aquela outra, aquela que é a face secreta do crime.

Por: CarloZaraujol Crônicasl 31/05/2011 Arnaldo Agria Huss Palavras - cuidado com elas

O texto analisa os cuidados que devemos ter ao proferir nossas palavras, principalmente naqueles momentos de agitação e aflição. As consequências disso muitas vezes podem ser danosas à outra pessoa, ocasionando mal estar e, por muitas vezes, levando ao rompimento de relações de amor e amizade.

Por: Arnaldo Agria Hussl Crônicasl 30/05/2011 Adicionar novo comentário Seu nome: * Seu Email: if($.cookie("screen_name")) { $('#not_logged_in').hide(); } Comentário: *   document.write(''); O código de verificação:* * Campos obrigatoriós Publicar

seus artigos aqui
é de graça e é fácil

Cadastro Menu do autor área do Autor Publicar Artigos Ver/Editar Artigos Ver/Editar P&R Editar Conta Perfil do autor Estatísticas RSS Builder Pessoal área do Autor Editar Conta Atualizar Perfil Ver/Editar P&R Publicar Artigos Perfil do Autor SO. Alberto S.L SO. Alberto S.L tem 1 artigos online Enviar mensagem ao autor Canal RSS Imprimir artigo Enviar a um amigo Re-publicar este artigo Categorias de Artigos Todas as Categorias Arte& Entretenimento Automóveis Beleza Carreira Casa & Família Casa & Jardim Ciências Crônicas Culinária Direito Educação Esportes Finanças Futebol Internet Literatura Marketing e Publicidade Negócios & Admin. Notícias & Sociedade Press Release Psicologia&Auto-Ajuda Relacionamentos Religião & Esoterismo Saúde Tecnologia Turismo e Viagem Crônicas Necessita de ajuda? Fale Conosco FAQ Publicar Artigos Guia Editorial Blog Links do Site Artigos Recentes Autores Populares Artigos Populares Encontrar Artigos Sitemap Webmasters RSS Builder RSS Link a nós Informação Empresarial Anunciar O uso deste site constitui a aceitação dos Termos de Uso e da Política de Privacidade | O conteúdo publicado pelos usuários é licenciado sob Creative Commons License.
Copyright © 2005-2011 Ler e Publicar Artigos por Artigonal.com, todos os direitos reservados. Quantcast

View the original article here

NOTEBOOK

Related Posts with Thumbnails